Membranas de Celulose X Nylon/PET

Partindo do princípio básico, a filtração trata-se de uma técnica empregada para separar o sólido do liquido ou fluido em suspensão. Na mesma, ocorre a passagem do líquido ou fluido através de um meio permeável, retendo as partículas sólidas.

Abordando outro aspecto, na filtração por membrana, uma barreira física – sob a forma de membrana porosa ou filtro – é utilizada para ocasionar a separação das partículas em um fluido. As membranas, de acordo com cada modelo, apresentam poros com diferentes diâmetros, o que permite a separação das partículas com base no seu tamanho e forma. De uma maneira geral, os métodos existentes de filtração por membrana, como por exemplo a nanofiltração, ultrafiltração e microfiltração, possuem como objetivo a separação ou concentração de substâncias em um líquido.

Abaixo citaremos 2 materiais de membrana e suas respectivas características.

- Membrana de Nitrato de Celulose: São as membranas mais utilizadas em laboratório e filtração analítica. Essas membranas oferecem propriedades umectantes excepcionais e as taxas de fluxo mais lentos com soluções aquosas.

Vantagens: superfície relativamente plana, altamente adequado para análise óptica da luz e custo mais baixo.

Desvantagens: estrutura indefinida, baixa resistência, semelhante a uma espuma, também retém as partículas de pigmento que são muito menores do que o tamanho nominal dos poros do filtro. Estes não são relevantes para a especificação de limpeza, mas podem opticamente escurecer o filtro de análise (alto número de pequenas partículas ou aglomerados), assim, prejudicando sensivelmente a análise óptica da luz (filtro de análise cinza ou preto). Este tipo de filtro muitas vezes absorve a umidade (prejudica a análise gravimétrica).

-Membrana de Nylon(PET): São membranas de alta resistência, alta taxa de fluxo de filtragem, naturalmente hidrofílicas e compatíveis com, álcool e solventes utilizados no procedimentos de análise, além de uma ampla variedade de soluções aquosas.

Vantagens: Resistência ao tempo, maiores resistência em altas temperaturas(estufa), limites de separação e tamanho de poro geométrico definido. Em consequência, algumas partículas de pigmento não são retidas, o que facilita a análise óptica da luz. De modo geral, menos umidade é absorvida por este tipo de filtro (resultados gravimétricos mais confiáveis).

Desvantagens: com o elevado grau de ampliação ou iluminação, a estrutura dos filamentos da malha pode causar reflexões e prejudicar a análise óptica da luz(dependo do equipamento utilizado para avalição).

Vale lembrar que a membrana de 5 microns PET(5 um PET mesh filter) foi homologada e recomendada na VDA 19.1 versão 2015, pagina 122.

Exemplos de filtros de análise:

celulose
pet

Membrana filtrante de celulose (Ex.: 5um)

Membrana filtrante de nylon/PET (Ex.: 5um) 

5 um PET mesh filter - VDA 19.1

Comments are closed.